segunda-feira, 16 de julho de 2012

0267 - Rússia aprova lei que classifica ONGs de ‘agentes estrangeiros’



A câmara baixa do Parlamento russo (Duma) adotou nesta sexta-feira em terceira e última leitura uma controversa lei que classifica de “agentes estrangeiros” e coloca sob forte controle as organizações não governamentais (ONGs) que possuam financiamento externo e atividade “política”.

O projeto de lei apresentado pelo partido Rússia Unida (no poder), votado em primeira leitura há uma semana e colocado urgentemente na ordem do dia da Duma, apesar dos protestos dos defensores das liberdades, da oposição liberal e dos juristas, foi adotado por 374 votos a favor, três contra e uma abstenção. O texto prevê um registro separado para as ONGs que possuam financiamento externo e participem de alguma “atividade política” no território russo.

O Rússia Unida tem a maioria absoluta na câmara, com 238 dos 450 assentos da Duma. Tanto este partido, liderado pelo primeiro-ministro Dimitri Medvedev, quanto o populista Partido Liberal-Democrata e o Partido Comunista, oposto a toda “ingerência” ocidental, anunciaram que votariam a favor do texto.


Opinião deste blog: - Gostei da ideia!!! Já passou da hora de darmos um "chega pra lá" nessas ONGs internacionais que vivem se intrometendo nos assuntos internos do nosso país!

Acorda Brasil !!! Pau neles !!!

Maurício Porto,
Rio de janeiro, 16 de julho de 2012.



3 comentários:

  1. Concordo plenamente! Inclusive acho que o Brasil deveria seguir o mesmo caminho.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Anônimo, é isso aí!!! Obrigado pelo comentário. Maurício Porto.

    ResponderExcluir